Conhecer, descobrir e sentir

Recorri a um antigo dicionário de Língua Portuguesa, pré-acordo (leia-se acordo ortográfico), que tenho em casa e que data de 1979 e decidi procurar o significado de três palavras muito importantes no quotidiano de qualquer pessoa, são elas:

Conhecer – verbo transitivo. ter conhecimento de; fazer ideia ou ter noção de; saber; avaliar; sentir a acção de; distinguir. (do Latim cognoscere).

Descobrir – verbo transitivo. achar o que se ignorava, desconhecia ou estava oculto; pôr à vista; fazer uma descoberta ou descobrimento; mostrar; avistar; denunciar; reconhecer. (do Latim discooperire)

Sentir – verbo transitivo. perceber por meio dos sentidos; experimentar; sofrer; ser sensível a; pressentir; reconhecer; adivinhar; compreender; apreciar; deixar-se impressionar por. (do Latim sentire)

Pois bem, tal como no dicionário, no dia-a-dia da nossa vida estes três actos acontecem por esta ordem, seja em que situação for.

Vou focar-me no processo de ganhar um amigo.

Primeiro conhecemos a pessoa em questão, de seguida começamos a descobrir essa pessoa e por fim sentimos algo por ela, quer seja amor ou simplesmente amizade. Tudo isto para relembrar os menos atentos que não se devem queimar etapas neste processo que já vem de longe!

No entanto há pequenos pormenores que nos deixam bem surpreendidos, podem conhecer uma pessoa e nunca ter descoberto muita coisa sobre ela, no entanto um qualquer dia desta vida proporciona-se e tal não é o espanto quando encontramos uma caixinha de surpresas (boas claro), afinal mesmo tendo conhecido alguém, mas não tendo descoberto mais sobre esse alguém, é sempre possível retomar esse caminho e ter agradáveis surpresas, depois o tempo se encarregará de fazer a devida triagem!

Conclusão: Podemos conhecer alguém, no entanto sem descobrirmos esse alguém não podemos dizer que sentimos sequer amizade, pois mais tarde a caixinha de surpresas quando aberta pode oferecer-nos coisas boas ou más!

As melhores sensações da vida são estas, não as desperdicem, utilizem-nas e surpreendam-se, tal como eu!

Página do caderno de 3/8/2011

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s