Palavras boas ou más?

Existem dois grandes tipos de palavras na vida de uma pessoa: as que se gostam de ouvir e as que não se gostam de ouvir. Podemos depois dizer que dentro destas duas, existe a categoria híbrida de palavras que proferidas por uns ou por outros, pode levar a que se goste ou não de as ouvir, mas concentre-mo-nos no início do raciocínio.

Como nesta situação uns podem ter umas opiniões e outros outras diferentes, tentei sondar os meus amigos de forma a obter alguma ajuda, pegando na letra A, essa primeira do abecedário que deve fazer as honras da casa. Descobri então que para uns um simples até, artolas, aberração, ai, artajolas ou acabou, são palavras que podem ser entendidas como más palavras, talvez porque um até possa significar um limite desconhecido, ou possa impor limites a tanta coisa a que queremos chegar, talvez porque um artolas ou artajolas é uma denominação que pode trazer uma má reputação, um ai pode significar uma dor ou um mau estar e um acabou que por si só coloca o ponto final indesejado no que quer que seja. Pensando por mim, acho que não gosto tanto de analfabeto, atroz, arrepender, ou tantas outras que podia aqui vir a enumerar, afinal todas elas são tão fortes e designam estados que queremos evitar a todo o custo. No entanto em tempos como os de hoje parece que são estas palavras que fazem a delicia do nosso dia a dia, parece que são estas palavras que nos acompanham a qualquer esquina que dobramos e parece que são elas as que gostamos de dizer, de ouvir, de usar para os outros!

Mas será mesmo?

A resposta pode variar, mas garanto que não! Ninguém gosta mais de ouvir um ai do que um ah (entenda-se alívio), ninguém prefere ser chamado por artolas, mas de certeza que esboça um sorriso de orelha a orelha quando ouve amigo e, sinceramente gostava de conseguir chegar aqui e ainda arranjar antónimos com a letra escolhida para aberração ou acabou, mas a única coisa que me ocorre é belo e para sempre (desculpem a minha falta de esforço)!

Estamos então no caminho certo, agora pensam que dizer as palavras que se gosta muito é fácil, mas garanto que não, além das que referi (que até podem ser híbridas, mas já lá vamos) ocorre-me dizer que uma das que mais se pode gostar é o amanhã, pode ser estranho, mas sempre que penso em amanhã estou a pensar no que aí vem, no que quero que venha, na esperança que tenho de lá chegar, na luta que tenho de fazer para o ultrapassar, estou a pensar com força e a ser um optimista. Muitos podem contrariar, ok! Mas então e se for amizade? Ou amor? Ou audácia? Ou ainda aprovar? Será que estou longe daquilo que realmente gostamos de ouvir? Talvez! Mas não tão longe quanto estávamos antes…

Não me alongando demasiado, certamente ao chegar aqui pensaram: “Epa afinal existem ali palavras que podem ser as boas ou más, quer dum lado quer do outro!”. Pois é! Estão correctos, mas para isso basta que as tenhamos ouvido ou as tenhamos dito na forma errada, à pessoa errada, no momento errado, seja o que for! Justifica-se assim o facto de haver a área concêntrica de palavras híbridas.

Em jeito de conclusão apenas há a dizer que cada situação tem a palavra certa, cada momento é o momento certo de se dizer uma única palavra e não se deve de forma alguma usar aquela que não se quer usar, ou que se usa apenas para satisfazer os ouvidos de quem nos ouve! Afinal uma palavra que eu acho boa aqui, pode ser entendida como má aí e vice-versa.

As palavras são lindas e todas juntas formam obras de arte totalmente abomináveis, não sejas artolas e não trates de analfabetizar aquilo que temos de melhor!

Página do caderno de 14 de Maio de 2013

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s