O jardim que é nosso (Música por Tiago Bettencourt)

Percebo que estás triste, que estás mal, quero deixar-te bem, Quero-te regar minha flor, bem sabes que Quero cuidar de ti, mas para isso Deixa-me entrar no jardim. Deixa-me voltar a dormir porque pela manhã Quero-te regar minha flor, quero Dar-te de novo a paz que perdi e mais que isso, Quero desvendar a parte triste que há em ti.

Eu sei que estamos sempre a descobrir coisas novas, afinal o mundo está em constante evolução, Deixa-me existir no espaço novo que encontraste em mim porque os nossos jardins são grandes e precisamos um do outro para cuidar bem deles. Afinal, Não vês que é de nós o Jardim que se fez? Não vês que é para nós o jardim que nos faz?

Não me deixes ficar aqui de fora, Olha que este frio faz tremer, mas também não te vás embora, Fica e faz voltar o que tens, Porque é meu! Não vês que é de nós o jardim que se fez e coloriu até aqui? Não vês que é para nós o jardim que nos faz mais felizes?

Vês o rio que passa entre os nossos jardins? Olha que este rio faz crescer todas as flores bonitas do nosso jardim. Ele ajuda-nos, quando não conseguimos ser rápidos o suficiente a regar o jardim! Fica e faz voltar o que tens porque é meu e teu! Porque é meu! Porque é teu!

Deixas-me entrar no nosso jardim?

Anúncios

Um pensamento sobre “O jardim que é nosso (Música por Tiago Bettencourt)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s